Você comunica tudo: expressões faciais e corporais, cheiro, idade, aparência, energia, emoções, o andar, educação, etiqueta, postura, higiene, cuidados com a saúde, com a pele, com as roupas… Tudo isso antes de sequer abrir a boca.
As informações que você transmite, voluntariamente ou não, são absorvidas quase imediatamente pelo outro. Alguns autores afirmam que a impressão inicial é formada nos primeiros dez segundos. Outros dizem que sete segundos já são suficientes.
Vamos testar com exemplos próximos. Qual foi a impressão que você teve do seu companheiro ou companheira quando bateu o olho pela primeira vez? A imagem que formou de um chefe na entrevista admissional? Ou a primeira vez em que viu um professor importante para você? Tente pensar agora no que você transmitiu em ocasiões decisivas – que deram certo ou não.
É comum preparar um repertório verbal antes de entrevistas, palestras ou de conhecer pessoas novas. Mas você não deve se esquecer de todo o restante.  Como você se vende? Como as pessoas percebem você?
O sucesso da primeira impressão que você causa reside no autoconhecimento. Quem é você? Como você se percebe? Do que é capaz? Por que tomou determinada decisão? O que pretende transmitir?
Com essas respostas em mente, a segurança vence a ansiedade. E se, além disso, a intenção for boa, não tem erro. Pode dar as caras.

Anúncios