Quantas vezes deixamos de fazer uma negociação ou de dizer algo especial a uma pessoa querida por imaginarmos que não seremos bem aceitos. Reitero: tomamos como base apenas a nossa imaginação.
Às vezes, criamos até “evidências” para justificar a nossa falta de ação. “Deixa pra lá, não vai dar certo mesmo.” Não arriscamos por medo de rejeição. Quanta coisa deixamos de experimentar por medo…
A Daniella Almeida Abdouni me mostrou um exemplo de como tudo pode mudar quando dizemos o que sentimos e ouvimos o que o outro sente. É simplesmente apaixonante. Assista e se arrisque mais.

Anúncios