Qualquer treinamento de comunicação que faço tem uma premissa que acompanha todo o processo: a respiração.
É simples: precisamos dela para viver. Não dá para esquecer de respirar.

Nas situações tensas, quando a voz precisa sair e não sai, não é a voz. É a respiração que fica presa.

Então, antes de falar, experimente primeiro soltar todo o ar dos pulmões. Depois, inspire profundamente até encher a barriga e o peito. Segure um pouquinho e aí solte o ar devagarinho, sentindo a movimentação dos seus músculos. Isso vai liberar a respiração, ou seja, soltar a sua fala.

Anúncios