up
Tenho o privilégio de encontrar em meu caminho pessoas iluminadas. E cada vez tenho encontrado mais. Uma das mais brilhantes é a Suzane Jales, piauiense com mais de 12 mil profissões no currículo.
É ela quem inaugura com as melhores vibrações possíveis as postagens de colaboradores neste blog. Aproveito para expressar aqui, Suzane, minha enorme admiração e gratidão.

Nossa Odisseia

Suzane
Concluí meu curso de PNL Master, pela Iluminatta Brasil, olhando para dentro de mim e vi como é saudável a gente fazer mudanças em nível de identidade.

Revendo os dias de curso, lembrei que, na verdade, nós gostamos de saber que ainda existem heróis e até classificamos assim as pessoas que fazem algo diferente do que está posto como normal – atos heroicos. Mas, raramente, fazemos uma alegoria de como nossa vida também é uma Odisseia: nossa própria viagem pela vida.

Vamos fazer uma simulação? Pense se você já não passou por algo assim: vivia uma vida de maneira tranquila até determinado momento, quando a rotina foi quebrada por algo inesperado. É como se recebesse uma espécie de “chamado”: algo não estava bom e precisava ser mexido… Quem já mudou de emprego, carreira, cidade ou estado civil, por exemplo, sabe bem o que é isso…

No início, quase sempre nos recusamos a enfrentar a mudança, mas um conselho de alguém mais experiente, recebido na hora certa, faz-nos entender que cabe a nós sair da zona de conforto e partir para enfrentar o nosso “dragão”. E quando tomamos essa decisão, atravessamos uma espécie de “portal”: a partir daí não dá para voltar atrás…

No caminho que se abre à nossa frente, enfrentamos desafios que nos derrubam mas, nos tornam mais fortes, pouco a pouco, e nos preparam para novas batalhas. Encontramos também aliados (inclusive de coaches, psicólogos ou terapeutas) que o próprio universo nos manda, na hora que mais necessitamos… E, com a ajuda desses amigos, aproximamo-nos das provações máximas – tipo aquele fundo do poço que muitas vezes passamos, lembra?

Aí, usando todos os recursos de que dispomos e contando com o apoio de parceiros, vencemos e conquistamos nosso objetivo depois de muita luta.

Vitoriosos, preparamo-nos para retornar a serenidade de nosso lar ou do nosso mundo anterior. Entretanto, fomos transformados pela própria jornada e já não somos mais os mesmos. E nos sentimos, muitas vezes, prontos para novas batalhas: já não nos contentamos com pouco se sabemos que podemos ter bem mais!

É assim que nossa vida acontece… E, como nos questionou nosso mestre Nicolai Cursino: “Não seria interessante vê-la como uma grande aventura?”.

jornada do heroi

Anúncios